Os Campeões de Gastos da Bancada Amazonense

13-12-2011 23:58

 

 

Entre os meses de junho a novembro de 2011 alguns gastos dos parlamentares no exercício de sua função chamam bastante atenção.

Neste período, o deputado federal Átila Lins gastou mais ou menos R$ 40.000,00 (quarenta mil reais) só com ligações telefônicas, ou seja, em média R$ 6.667,00 por mês (mais de dez salários mínimos por mês, só com gastos de telefonia).

Neste mesmo período, o deputado federal Carlos Souza gastou R$ 5.075,00 (cinco mil e setenta e cinco reais), ou seja, o deputado Carlos Souza não gastou em seis meses, o que o deputado Átila Lins gastou em um único mês, neste período. Em compensação, o deputado Carlos Souza gastou neste período R$ 83.500,00 (oitenta e três mil e quinhentos reais) com divulgação da atividade parlamentar (para bom entendedor, meia palavra basta).

Considerando todos os gastos com as atividades parlamentares, como telefonia, serviços postais, fretamento de aeronaves etc., o deputado Silas Câmara do PSD é, sem dúvida, o campeão de gastos neste período. Os gastos do deputado Silas Câmara com as atividades parlamentares ultrapassam a casa dos R$ 200.000,00 (duzentos mil reais). Foi o único deputado da bancada amazonense que, além do seu salário que não é pouco, gastou em seis meses, mais de R$ 200.000,00 do nosso dinheiro. Um verdadeiro descaso com o dinheiro público. Apenas para se ter uma ideia, o deputado que menos gastou nesse período foi Sabino Castelo Branco, em torno de R$ 40.000,00 (quarenta mil reais), ou seja, o que Silas Câmara gastou em média por mês, Sabino Castelo Branco não gasta em cinco meses de atividades parlamentares. Que fique bem claro que estes dados dizem respeito tão somente ao período de junho a novembro de 2011. De qualquer forma, os gastos com o dinheiro público, desconsiderando os salários dos deputados, são exorbitantes.