A Unidade Ontológica do Mundo em Werner Heisenberg

 

A presente dissertação tem como objetivo principal analisar os pressupostos filosóficos e ontológicos da idéia monista subjacente ao pensamento do físico alemão Werner Heisenberg. São notáveis os esforços empreendidos no século XX na busca de uma teoria unificada da matéria ou, para usar o título desta dissertação, de uma unidade ontológica do real. Ao longo de suas obras Heisenberg está constantemente retornando ao tema de uma teoria unificada que descreva a realidade a partir de uma única substância, tanto em sentido físico quanto filosófico. E ao abordar o aspecto filosófico do problema, Heisenberg não deixar de reconhecer, entre os pré-socráticos, aqueles que primeiro se esforçaram por tentar entender a natureza de forma unificada. Esta dissertação retoma a relação estabelecida por Heisenberg, entre a física contemporânea e os filósofos présocráticos, como base para se pensar uma possível unidade ontológica do real. Aponta os principais aspectos do desenvolvimento da concepção atomista da matéria e da física de partículas do século XX. Para, enfim, se debruçar sobre o tema principal deste trabalho que é estabelecer as bases físicas e filosóficas desta visão monista do universo.

A versão completa do TCC pode ser obtido através do repositório de Teses e Dissertações da UFPE: A Unidade Ontológica do Mundo em Werner Heisenberg (versão completa)

Espiritualida e PolíticaEspiritualidade e CiênciaEspiritualidade e Fìsica → A Unidade Ontológica do Mundo em Werner Heisenberg

Array