HORKHEIMER, Max

HORKHEIMER, Max

Bibliografia Primária

 

ADORNO, Theodor W. e HORKHEIMER, Max. Dialética do esclarecimento: fragmentos filosóficos. Tradução: Guido Antônio de Almeida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1985.

HORKHEIMER, Max. Between philosophy and social science. Cambridge: MIT Press, 1993.

____. Critical theory: selected essays. New York: Continuum, 1972.

____. Teoria tradicional e teoria crítica. In: HORKHEIMER, Max e ADORNO, Theodor W. Textos escolhidos. 5 ed. – São Paulo: Nova Cultural, 1991. (Os Pensadores; 16).

____. Filosofia e Teoria Crítica. In: HORKHEIMER, Max e ADORNO, Theodor W. Textos escolhidos. 5 ed. – São Paulo: Nova Cultural, 1991. (Os Pensadores; 16).

____. Eclipse da razão. São Paulo: Centauro, 2000.

____. Gesammelte schriften, Bd.6. Frankfurt; Main: Suhrkamp, 2008.

 

 

Bibliografia Secundária em Português

 

ASSOUN, P. L. e RAULET, Gérard. Marxismo e teoria crítica. Rio de janeiro: Zahar, 1981.

ASSOUN, Paul Laurent. A Escola de Frankfurt. Tradução de Helena Cardoso. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1989.

BRONNER, Stefhen. Da teoria crítica e seus teóricos. Tradução: Tomás R. Bueno, Cristina Meneguelo. Campinas: Papirus, 1997.

COELHO, Teixeira. O que é indústria cultural. São Paulo: Brasiliense. (Coleção Primeiros Passos).

DUARTE, Rodrigo. Adorno/Horkheimer & a dialética do esclarecimento. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2002. (Filosofia passo-a-passo; 4).

FREITAG, Bárbara. A teoria crítica: ontem e hoje. 5. ed. São Paulo: Brasiliense, 1986.

JAY, Martin. A imaginação dialética. Historia da Escola de Frankfurt e do Instituto de Pesquisas Sociais, 1923–1950. Trad. Vera Ribeiro. Rio de Janeiro: Contraponto, 2008.

MATOS, Olgária C. F. Os arcanos do inteiramente outro: a Escola de Frankfurt, a melancolia e a revolução. São Paulo: Brasiliense, 1989.

____. Escola de Frankfurt: luzes e sombras do Iluminismo. São Paulo: Moderna, 1993. (Coleção Logos).

NOBRE, Marcos. A teoria crítica. São Paulo: Jorge Zahar Ed., 2004. (Coleção Filosofia passo-a-passo; 47).

NOBRE, M. (Org). Curso livre de teoria crítica. Campinas: Papirus, 2008.

RUSH, Fred. Teoria crítica. Trad. Beatriz Katinsky e Regina Andres Rebollo. Aparecida, SP: Ideias & Letras, 2008.

SLATER, Phil. Origem e significado da Escola de Frankfurt. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1978.

TAR, Zoltan. A Escola de Francoforte. Tradução de Ana Rabaça. Lisboa: Edições 70, 1977. (Coleção Espaço da Sociologia).

TIBURI, Marcia; DUARTE, Rodrigo (Orgs.). Seis leituras sobre a dialética do esclarecimento. Ijui, RS: Unijui, 2009. (Coleção: Filosofia).

WIGGERSHAUS, Rolf. A Escola de Frankfurt: história, desenvolvimento teórico, significação política. Tradução do alemão por Lilyane Deroche-Gurgel; tradução do francês por Vera de Azambuja Harvey; revisão técnica por Jorge Coelho Soares Rio de Janeiro: DIFEL, 2002.

 

Bibliografia Secundária em Outras Línguas

 

ABROMEIT, John. Max Horkheimer and the foundations of the Frankfurt School. Cambridge: Cambridge University Press, 2011.

BENHABIB, Seyla, BONSS, Wolfgang, MCCOLE, John (eds.). On Max Horkheimer: New Perspectives. Cambridge: MIT Press, 1993.

BERSTEIN, Jay. The Frankfurt School: critical assessments. London: Routledge, 1994.

DUBIEL, Helmut. Theory and Politics: Studies in the Development of Critical Theory. Cambridge: MIT Press, 1985.

HELD, D. Introduction to critical theory: Horkheimer to Habermas. Los Angeles: University of California Press, 1980.

JAY, Martin. The dialectical imagination: a history of the Frankfurt School and the Institute of Social Research. Berkeley: University of California Press, 1996.

WHEATLAND, Thomas. The Frankfurt School in Exile. Minneapolis: University of Minnesota, 2009.