Resumo da 5ª Temporada

5ª temporada (2015)

            A quinta temporada inicia com Cersei relembrando de sua infância e tendo revelações sobre o seu futuro diante de uma bruxa, a caminho do funeral de seu pai. Os Lannister se ajustam a um mundo sem o pai, Tywin. O Rei Tommen se casa com Margaery. Em Porto Real, a Fé Militante dos Pardais está ficando cada vez mais agressiva, prende Sir Loras Tyrell e destrói o bordel de Lorde Baelish. A situação fica ainda mais tensa com a prisão da rainha Margaery por perjúrio diante dos deuses. Cersei tenta tirar proveito da situação mas as coisas não sairão como esperado e ela terá que lutar pela sua liberdade e será confrontada pelo Alto Pardal. Cersei se confessa diante do Alto Pardal e pede misericórdia, mas terá que expiar pelos seus pecados andando despida pelas ruas de King’s Landing, aos gritos de “Vergonha! Vergonha!” pela Septa Unella. Ajudado por Lorde Varys, Tyrion segue em direção à Meereen.

            Jon Snow vive um dilema entre a Patrulha da Noite e as demandas de Stannis Baratheon, que se auto-intitula o legítimo rei de Westeros e faz uma oferta generosa a Jon Snow, ao mesmo tempo em que a Patrulha da Noite precisa escolher um novo Lorde Comandante. Jon Snow é nomeado Lorde Comandante da Guarda da Noite e começa suas primeiras ordens com firmeza. Tem início sua trajetória rumo às terras selvagens em busca do povo livre, junto com o selvagem Tormund, para convencê-los da necessidade de se unirem diante da guerra que se aproxima, com a promessa de que eles poderão atravessar a Muralha. Os White Walkers atacam os Povos Livres em Durolar quando Jon Snow tenta estabelecer uma aliança e este mata um Vagante Branco com sua espada de aço valiriano. Mestre Aemon morre e Jon Snow tem cada vez menos aliados. Quando retorna à muralha terá muitos olhares de desaprovação e será desafiado pelos guardas da Patrulha da Noite que não concordam com suas decisões recentes. Os Povos Livres atravessam a Muralha. Sam é enviado a Cidadela para se tornar um Mestre.

            Stannis permanece obstinado rumo a Winterfell, mas a situação de seu exército fica cada vez pior diante do inverno que se aproxima e por isso a sacerdotisa Melisandre oferece um novo sacrifício ao “Senhor da Luz”: o da princesa Shireen, filha de Stannis. Com a perda da filha por causa do sacrifício, Selyse se suicida. Mesmo assim, o exército de Stannis é massacrado antes mesmo de fazer um cerco em Winterfell.

            Lorde Baelish leva Sansa para Winterfell, no caminho encontram Brienne de Tarth que oferece ajuda, proteção e lealdade a Sansa, para cumprir a promessa que fez à sua mãe Catelyn Stark, mas Sansa rejeita. Sansa será oferecida em casamento a Ramsay Bolton a contragosto, mas Peter Baelish a convence com o argumento de que ela deve se vingar. Depois do casamento, Sansa vira prisioneira de Ramsay e, desesperada, pede ajuda de Theon para fugir.

            Arya chega a Braavos e inicia sua busca a Jaqen H’ghar que conheceu em Westeros e descobre que ele faz parte da Casa de Preto e Branco. Lá inicia seu treinamento aprendendo a usar uma nova identidade. Arya encontra em Braavos o primeiro de sua lista, Sir Meryn Trant. Usando uma das máscaras do Deus de Muitas Caras, Arya fura os olhos e degola Meryn Trant, mas não sem antes revelar sua identidade e lembrá-lo de que está morrendo por ter matado seu professor espadachim, Syrio Forel. Por ter usado uma das máscaras do Deus de Muitas Caras sem permissão, Arya perde a visão.

            Em Meereen, Daenerys precisa agir com autoridade e tomar decisões difíceis para tentar unificar seu reinado, inclusive casar-se com um dos Mestres de Meereen. Enfrenta dificuldades para governar e precisa lidar com o dilema de seguir a lei, a tradição, ser justa ou compassiva, além de enfrentar os interesses opostos entre os escravos libertos e os mestres. Os Filhos da Harpia atacam os Imaculados e pretendem iniciar uma rebelião. Ferem gravemente Verme Cinzento e matam Sir Barristan Selmy. Tyrion terá seu primeiro encontro com a mãe de dragões e se tornará seu conselheiro. Os Filhos da Harpia tentam matar a rainha Daenerys durante a realização das Lutas na Arena mas ela será salva por Sir Jorah, Daario e Drogon, o dragão. Montada em Drogon, Daenerys sai voando da Arena. Ferido, Drogon não consegue levar de volta Daenerys para Meereen que, andando sozinha pelo vale, será aprisionada pela tribo dos Dothrakis. Sir Jorah e Daario saem em busca de sua rainha enquanto Verme Cinzento, Missandei e Tyrion permanecem em Meereen para governar a cidade.

            A quinta temporada encerra com Cersei retornando a Fortaleza Vermelha, depois de sua longa caminhada de expiação pelas ruas de King’s Landing, onde é amparada pelo ex-Mestre Qyburn que lhe apresenta o mais “novo” membro da guarda real, Gregor Clegane, o Montanha. Na Patrulha da Noite, Jon é esfaqueado e morre, vítima de uma emboscada dos patrulheiros que não aceitam sua decisão de ajudar os Povos Livres a atravessar a Muralha.

A Política e suas Interfaces → Arte e PolíticaCinema e PolíticaGame of Thrones → Resumo da 5ª Temporada